Menu

Semana de Palco Giratório no Acre

Uma semana repleta de atividades do palco Giratório do Sesc, na quarta feira dia 19 de julho às 19h30 no Teatro Plácido de Castro tem o espetáculo teatral “ Os mequetrefes “ já no domingo também no Teatro Plácido e Castro dia 23 de julho às 20h o espetáculo de Dança “Finita”. Entrada comerciários e estudantes R$ 5 e usuários R$10. Haverá ainda oficinas nos dias 20 e 22 das 14h às 18h no Sesc Centro.

Espetáculo teatral “Os Mequetrefes”
Apresentação  dia 19 de julho em Rio Branco às 19h30 no Teatro Plácido de Castro. 
“Os Mequetrefe”. Interpretado pelo grupo Parlapatões, o objetivo é mostrar como a linguagem dos palhaços pode ser ampla e atingir públicos de todas as idades. Texto de Hugo Possolo e direção de Álvaro Assad.

A Peça
Inspirado no “Livro do Nonsense” do inglês Edward Lear, “Os Mequetrefe” coloca em cena quatro palhaços chamados Dias. Do despertar ao anoitecer, as relações lógicas do cotiano são desconstruídas e outras maneiras de encarar a vida ganham espaço, as situações mais usuais são encaradas com confusões cômicas e poéticas, tendo como resultado um longo e inusitado dia.
A peça traz reflexões acerca dos conceitos de normal e estranho por meio de um humor provocativo. As pessoas ao redor, as imagens veiculadas na televisão, todos esses elementos são colocados à prova. Para Hugo Possolo, os Dias são a personificação de todos nós, os cidadãos, diante dos absurdos do dia-a-dia. No decorrer da história os diferentes sentidos da palavra “mequetrefe”, intrometido, trapaceiro ou sem importância, são vivenciados pelos personagens.
As ideias propostas pelo espetáculo ainda são reforçadas por meio dos figurinos, da cenografia e dos elementos utilizados no palco, e principalmente pelas interpretações que são dadas a eles. A atmosfera é reforçada também por meio da trilha sonora, que mescla referências típicas da arte da palhaçaria com uma sonoridade exótica, e pela iluminação que marca as diferenças entre os ambientes reais e os fantásticos.

Oficina: Aula - Espetáculo
A Aula Espetáculo é uma demonstração do processo de trabalho dos Parlapatões. Seu objetivo é revelar o enfoque que o grupo dá a utilização das técnicas circenses e dos elementos do teatro de rua para a elaboração de seus espetáculos. E o levantamento das questões teóricas que fundamentam a linha de trabalho do grupo.
Público Alvo: Jovens e adultos interessados em comédia e no processo de trabalho do grupo.
Carga horária: 3 horas seguidas
Ministrante: Conforme a localidade um dos 4 membros do grupo Parlapatões ministrará a oficina (Hugo Possolo, Raul Barretto, Alexandre Bamba e Fabek Capreri)
Número máximo de participantes: Até 200 pessoas

Espetáculo de Dança Finita
Com a Dançarina Denise Stutz  do  Rio de Janeiro, a apresentação será dia 23 de julho em Rio Branco às 20h no Teatro Plácido de Castro.
O mais novo trabalho da dançarina Denise Stutz, Finita. Entrada R$ 10 e R$ 5
Desenvolvido nos últimos anos, o espetáculo teve como ponto de partida uma carta enviada pela mãe da artista. Com essa inspiração, Denise utilizou a arquitetura cênica do teatro para elaborar o conceito de perda e trabalhar os temas do envelhecimento e da ausência sob a perspectiva da dança.
“Finita é um projeto que desenvolvi durante dois anos. Durante o processo publiquei em um blog (denisestutz.wordpress.com) anotações, leituras, fotos e vídeos de referência. Produzi e criei um vídeo-ensaio (“Até que você me esqueça”), para pesquisar texto, movimentos e palavras”, explica Denise. “A palavra, o texto, o silêncio como movimento.

Oficina: Corpo Presente
A experimentação de um corpo que se move a serviço da imaginação e dos sentidos, impulsionado por imagens, associações e memórias. Jogos corporais estabelecem relações e ampliam a percepção do que nos rodeia: o espaço, o tempo, os outros.
Público Alvo:  bailarinos atores e estudantes do corpo e de artes cênicas
Carga Horária: 3 e 6 horas
Ministrante: Denise Stutz
Número máximo de participantes: 20

back to top

O SESC